HISTÓRIA


O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal é um dos irmãos mais velhos de Brasília. Criado em 1969, nove anos após a inauguração de Brasília, o Sinepe acompanhou, com pioneirismo, o apogeu desenvolvimentista que teve início com a construção da capital federal. 

O Sinepe foi fundado com o objetivo de organizar, representar e fortalecer as escolas e faculdades particulares do Distrito Federal. Anos depois, as instituições de ensino superior criaram a sua própria entidade, o Sindepes. Hoje, o Sinepe é o representante legal das escolas que atendem da educação infantil ao ensino médio. 

Ao longo desse tempo, o Sinepe se credenciou como o interlocutor do ensino particular no Distrito Federal. O trabalho obstinado dos seus fundadores e dirigentes muito contribuiu para aumentar o prestígio das nossas escolas junto à sociedade. Nossos estabelecimentos filiados integram uma rede que prima por uma educação de excelência articulada ao processo de desenvolvimento científico, tecnológico e cultural do Brasil e do mundo. 

Ao entrar na sua fase mais madura, o Sinepe abre novos flancos de atuação e consolida o seu papel de dirigente das escolas particulares. Ao lançar mão de parcerias na área social, o sindicato se une a instituições governamentais e a organizações civis, somando esforços em campanhas, projetos e programas de envergadura social. 

Sob a liderança do Sinepe, as escolas particulares aprimoram a sua intervenção e seguem prestando esse relevante serviço que é a educação das nossas crianças e jovens, sob o prisma de uma proposta que vislumbra a socialização do saber, a construção de valores éticos e a afirmação da cidadania plena. O Sinepe surgiu do diálogo dos educadores do ensino particular em torno de seus ideais e perspectivas. E é nesse diálogo permanente que reside a sua força, o seu empreendedorismo. Por isso, estamos plenamente capacitados para fazer a interlocução da nossa base social junto aos poderes executivo, legislativo e judiciário, sempre no afã de garantir nossos interesses. 

Topo