Presidente do SINEPE/DF é eleito presidente do Fórum Nacional dos Conselhos de Educação

Votação ocorreu na tarde desta sexta-feira (24) em reunião plenária, em Brasília. Participaram representantes de diversas unidades da Federação

Publicado em 24/11/2017 às 18:00:00

A capital federal recebeu nos últimos dias 23 e 24 a 49.ª Reunião Plenária do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação e do Distrito Federal (FNCEE). No encerramento do evento, foi realizada a eleição para a próxima gestão do órgão normativo pelos próximos dois anos, e o presidente escolhido foi Álvaro Domingues, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (SINEPE/DF).

Domingues também preside o Conselho de Educação do DF e, ao longo de 2017, atuou como vice-presidente do fórum. “Com a vantagem de estar em Brasília, onde ocorre a maior parte dos encontros nacionais na área da educação, pude representar nossa atual presidente em eventos a que ela não pôde comparecer, me envolvendo e dando continuidade ao trabalho”, afirmou.

Maria Ester Galvão Carvalho, que preside o fórum até o fim deste ano, desejou uma excelente gestão à nova equipe e disse confiar no trabalho dos eleitos – em 2018, ela vai representar o fórum na Conferência Nacional de Educação (Conae), decisão que contou com apoio de todos os representantes dos conselhos estaduais presentes. “Ester tem uma habilidade incrível de convergir pessoas, e quero ter isso como exemplo para este mandato”, afirmou Domingues.

“Por trabalhar há muitos anos na representação das escolas particulares, que estão inseridas no contexto do mercado, o que vocês podem esperar de mim é agilidade”, assegurou o novo presidente do FNCEE. “Temos de usar de todos os meios que pudermos para alcançar nossos objetivos e cobrir esse déficit educacional pelo qual o Brasil passa.”

Clique aqui para mais informações sobre o evento.

Sobre o Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação
Tem como objetivos principais aglutinar esforços permanentemente de pensar a educação à luz das necessidades da sociedade brasileira; propor, discutir e encaminhar matéria que dependa de decisão na esfera federal; divulgar iniciativas e procedimentos legais e técnico-administrativos que possam contribuir para o aperfeiçoamento organizacional dos colegiados; contribuir para o estreitamento das relações institucionais entre os Conselhos de Educação; representar, na esfera federal, os interesses comuns aos Conselhos de Educação; propor sugestões e subsidiar elaboração, aprovação, implementação, acompanhamento e avaliação de Planos Nacionais de Educação; promover e articular intercâmbio de experiências e de estudos específicos.