Presidente do SINEPE/DF recebe medalha de Amigo do Proerd

Ato ocorreu durante a formatura geral de 8 mil alunos do programa deste ano. Evento contou com a presença de autoridades, como o governador Rodrigo Rollemberg

Publicado em 29/11/2017 às 16:00:00

Nesta quarta-feira (29), cerca de 8 mil estudantes do ensino fundamental se formaram no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) da Polícia Militar do Distrito Federal. O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (SINEPE/DF), Álvaro Domingues, participou da cerimônia, que ocorreu no Ginásio Nilson Nelson, e recebeu uma homenagem.


A organização do Proerd ofereceu uma medalha a cada um dos grandes parceiros que levam o projeto até as escolas – públicas e particulares. “Foi uma honra receber esse reconhecimento. O SINEPE/DF apoia a iniciativa, que preza pela saúde dos nossos jovens e incentiva as escolas filiadas a aderir”, ressaltou Domingues. O vice-presidente do sindicato, Walter Eustáquio, também foi homenageado com a medalha, dessa vez pelo trabalho que executa na escola que dirige, o Colégio Mackenzie.


Também houve a premiação do 2.º Concurso de Cartazes Proerd, em três categorias, de acordo com o período escolar. O tema foi “Caindo na R.E.A.L.” – de recusar, explicar, abster-se e livrar-se – e instituições públicas e particulares de ensino participaram.


O evento ainda contou a presença de autoridades, como o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, a primeira-dama, Márcia Rollemberg, secretários do governo distrital e representantes das Embaixadas do Peru e dos Estados Unidos. “Vocês estão firmando um compromisso com a vida de vocês”, afirmou a primeira-dama aos alunos. “Para realizar nossos sonhos, nós temos de cair na real”, finalizou, utilizando o slogan da campanha. O governador ressaltou “o mal que o uso de drogas faz à saúde, à vida familiar e à vida profissional”. Aconselhou os alunos a ler, praticar esportes e estudar, além de convidar as escolas a aderir a outros programas distritais que fazem parte do “Criança Candanga”.


O programa


O Proerd foi criado pela Polícia Militar e funciona no DF desde 1998. O objetivo é conscientizar estudantes, especialmente logo antes da entrada na adolescência, sobre os malefícios de substâncias lícitas e ilícitas, prevenindo o uso de drogas e estimulando uma conduta saudável.


Mais de 670 mil crianças e adolescentes já foram atendidas. Neste ano, 119 instituições de ensino e mais de 15 mil alunos se envolveram no projeto.

Com informações da Agência Brasília